Comitê estadual do AgroNordeste é apresentado em Pernambuco

Publicado em 17/10/2019 17:22
53 exibições
No estado, os municípios-polo serão Sertânia e Araripina, com prioridade para as produções de mandioca, ovinocaprinocultura e apicultura

Produtores rurais de Pernambuco conheceram nesta quinta-feira (17) os detalhes do programa AgroNordeste, que visa desenvolver a capacidade produtiva dos pequenos agricultores e criadores do Nordeste brasileiro. O programa foi apresentado pelo diretor-geral do plano, Danilo Forte, em reunião na sede da Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no Recife.

O encontro antecedeu a criação do comitê estadual, que será implantado nesta sexta-feira, com a participação da Conab, Inmet, Senar, Sebrae e Banco do Nordeste. Em Pernambuco, os municípios-polo serão Sertânia, no sertão do Moxotó, e Araripina, na região do Araripe, perfazendo um total de 20 municípios priorizados na implantação do programa. As cadeias prioritárias serão as de produções de mandioca, além de ovinocaprinocultura e apicultura.

Segundo Forte, o ponto de partida do programa é a necessidade de criação de condições que levem à redução da desigualdade. Por isso, foram identificadas cadeias produtivas com potencial de crescimento em cada um dos territórios que serão cobertos na fase inicial do programa.

Os territórios foram identificados pela Embrapa e selecionados com base em critérios como localidades com até 1% da população do estado, famílias com rendas de três a dez salários mínimos e onde fosse possível identificar cadeias produtivas com potencial de crescimento. “O AgroNordeste funcionará com um olho da porteira para dentro e outro, da porteira para fora”, resumiu Forte.

O programa tem como objetivo estimular a oferta de assistência técnica para atividade-fim da unidade produtiva, dando apoio ao produtor rural para que receba orientações sobre plantio, colheita, variedades, controles de pragas, manejo da criação e tecnologias que podem ser aplicadas. Ao mesmo tempo, da porteira para fora, o programa vai estimular a capacitação em gestão empresarial, ajudar a prospecção de novos mercados no Brasil e no exterior.

Tags:
Fonte: Mapa

0 comentário