Importações de óleo de palma da Índia devem cair, diz conselho da Malásia

Publicado em 13/01/2022 15:50 26 exibições

Logotipo Reuters

KUALA LUMPUR (Reuters) - As importações de óleo vegetal da Índia em 2022 deverão cair 2% diante do aumento da produção doméstica do país, com o óleo de palma sofrendo o maior impacto enquanto as importações de óleo de soja e de girassol sobem, disse o Conselho de Óleo de Palma da Malásia (MPOC, na sigla em inglês) nesta quinta-feira.

As importações totais de óleos e gorduras no maior comprador de óleo vegetal do mundo são esperadas em 13,8 milhões de toneladas, queda ante os 14,1 milhões de toneladas em 2021, disse a diretora executiva do MPOC, Wan Wan Aisha Hamid, em uma conferência.

A queda deve-se ao aumento da produção doméstica de óleo vegetal da Índia e diante do ressurgimento de infecções do coronavírus, que são gatilho para novos 'lockdowns' e diminuem o consumo em hotéis, restaurante e no setor de 'catering', disse ela.

As importações de óleo de palma da Índia devem cair para 8,1 milhões de toneladas em 2022, de 8,5 milhões de toneladas no ano passado, disse ela.

As importações de óleo de soja devem avançar para 3,2 milhões de toneladas, de 3,1 milhões de toneladas em 2021, enquanto as importações de óleo de girassol deve subir para 1,9 milhão de toneladas, ante 1,8 milhão de toneladas no ano passado.

(Reportagem de Mei Mei Chu)

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário