UE pede diálogo com Rússia para desbloquear exportações de alimentos da Ucrânia

Publicado em 24/05/2022 15:24

Logotipo Reuters

Por Sabine Siebold

DAVOS, Suíça (Reuters) - A chefe da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, pediu nesta terça-feira por conversas com Moscou sobre a liberação das exportações de trigo que estão presas na Ucrânia como resultado de um bloqueio marítimo russo.

Na semana passada, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, acusou a Rússia de usar alimento como arma, mantendo suprimentos "reféns" não apenas para os ucranianos, mas também para milhões de pessoas em todo o mundo. Moscou rejeita essa alegação.

"O mais importante é desbloquear o Mar Negro. Este é um apelo à Rússia", disse Von der Leyen à Reuters em entrevista durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos.

Von der Leyen, que é presidente do executivo da União Europeia, disse que uma crise alimentar está se aproximando a toda velocidade e que algum tipo de diálogo com Moscou é necessário para liberar 20 milhões de toneladas de trigo presas na Ucrânia.

Ela ainda disse que a União Europeia também deve aumentar sua própria produção, facilitando que os agricultores tenham uma segunda safra ou aumentem a produção de trigo.

(Reportagem de Sabine Siebold e Bart Meijer)

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário