HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Plano Safra 22/23 deve ser anunciado nesta quarta-feira (29); veja o que se sabe até o momento

Publicado em 27/06/2022 09:19 e atualizado em 27/06/2022 11:10
A data foi antecipada ao Estadão Conteúdo, mas ainda precisa ser confirmada

Logotipo Notícias Agrícolas

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) antecipou ao Estadão Conteúdo que o Plano Safra 2022/23 deve ser anunciado nesta semana, na quarta-feira (29), após amplas expectativas do setor. A data ainda precisa ser confirmada oficialmente.

Conforme antecipado ao Notícias Agrícolas, no início de junho, através do ministro Marcos Montes, a Agricultura e a Economia têm discutido bastante sobre o orçamento e formas de viabilizar e distribuir os recursos para equalização de taxas de juros.

De acordo com o Estadão, a Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento (Seto), do Ministério da Economia, em maio, bloqueou aproximadamente R$ 1,2 bilhão em despesas.

O montante será remanejado para a subvenção de taxas de linhas do Plano Safra no segundo semestre, de um total de cerca de R$ 4,3 bilhões bloqueados com destino ao crédito rural e ao Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro).

A questão fiscal está no radar de ambos os ministérios, além do aumento da Selic, que está atualmente em 13,25% ao ano.

Durante evento em Campinas (SP), no início do mês, Montes havia dito que novidades sobre o plano sairiam nos próximos dias e que o Plano Safra 2022/23 deverá ser robusto, contribuindo com recursos para toda a agricultura do país.

"O governo está empenhado em fazer um Plano Safra robusto. O presidente Bolsonaro tem dado essa orientação. Nós precisamos de alimentar o Brasil, claro, mas precisamos também de alimentar o mundo. É isso que nós estamos criando e construindo um Plano Safra que nós estamos chamando de mundial. Acredito que nos próximos dias a gente tenha boas notícias", disse na época.

Em termos de recursos, se o plano permanecer com o montante destinado à safra passada, pode chegar a R$ 330 bilhões em crédito e R$ 22 bilhões a R$ 23 bilhões de recursos do Tesouro Nacional para equalização de juros em 2022/2023.

O ministro destacou ainda que o governo tem trabalhado para levar as melhores condições de crédito à agricultura familiar, pequenos e médios produtores, principalmente, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

Outro foco do Plano Safra 2022/23 é ser verde e azul, segundo o ministro, com crédito para adoção de práticas sustentáveis na produção rural.

O Notícias Agrícolas procurou a pasta, mas ainda não obteve retorno.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário