Fetag cobra respostas ao Grito da Terra

Publicado em 08/06/2010 07:46 246 exibições
A Fetag avalia hoje (8) com as coordenadorias regionais de que maneira irá cobrar respostas aos pleitos do Grito da Terra no Rio Grande do Sul. Os produtores esperam uma definição do governo estadual entre os dias 22 e 24. Antes disso, na próxima semana, os agricultores irão percorrer as nove secretarias do governo que têm pleitos do setor para conferir o que avançou da pauta de pedidos entregue em abril. "Sabemos que as secretarias já fizeram reuniões sobre o tema e, agora, queremos respostas", frisou o presidente da Fetag, Elton Weber. Entre as solicitações, está a equiparação do ICMS do feijão e do trigo a outros estados. Hoje, serão avaliadas as definições tomadas pelo governo a partir do Grito da Terra, como a liberação de R$ 16 bilhões para a agricultura familiar na safra 2010/2011. "Precisamos ver se o que foi prometido está sendo implementado."
Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário