Vox Populi: Dilma 49% e Serra com 38%; indecisos sobem de 4 para 7%

Publicado em 25/10/2010 18:22
680 exibições

Pesquisa Vox Populi divulgada hoje pelo portal iG mostra a candidata do PT à sucessão presidencial, Dilma Rousseff, com 49% das intenções de voto, enquanto José Serra (PSDB) figura com 38%. Na mostra anterior, divulgada no dia 19, Dilma tinha 51% e Serra, 39%. A diferença entre os dois candidatos passou de 12 para 11 pontos porcentuais. Os votos em branco e nulos somam 6%, mesmo índice da sondagem anterior, e os indecisos passaram a 7%, ante 4% no último levantamento. 

Se levados em conta apenas os votos válidos, Dilma aparece agora com 57%, enquanto Serra tem 43% - uma diferença de 14 pontos porcentuais. De acordo com a mostra, 88% dos entrevistados disseram estar decididos sobre em quem votar. 

A pesquisa Vox Populi foi realizada entre os dias 23 e 24 de outubro e ouviu 3.000 eleitores em 214 municípios do País. A margem de erro é de 1,8 ponto porcentual para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo número 37.059/2010. 

Vice de Serra registra na Justiça pesquisa interna que aponta empate técnico

A campanha do candidato a presidente José Serra (PSDB) decidiu registrar no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pesquisas eleitorais internas para poder divulgar seus resultados que, segundo afirmou na tarde desta segunda-feira o candidato a vice Indio da Costa (DEM), apontam empate técnico com a adversária Dilma Rousseff (PT).

Serra aparece ao menos 12% atrás de Dilma Rousseff (PT) nas últimas pesquisas divulgadas. Indio afirmou que os levantamentos internas da campanha tucana dão empate técnico.

Os tucanos temem que a ampliação da diferença de Dilma sobre Serra nas pesquisas desanime seus eleitores e aumente a abstenção --temor presente em razão do feriado colado ao dia da eleição.

"Registramos para poder mostrar para a população e dizer o seguinte: não viaje, fique na sua cidade e vote. Porque se isso acontecer, o Serra será presidente do Brasil. A eleição vai ser apertada para qualquer um dos lados", disse Indio.

Serra reagiu com indignação após a primeira pesquisa, do Vox Populi, indicar a ampliação da diferença de intenções de voto em favor de Dilma. Disse que o instituto era "desqualificado". Após os resultados de Ibope e Datafolha, o candidato disse que "há uma crise nas pesquisas" de intenção de voto. Indio alegou problemas de metodologia.

"Todas as nossas pesquisas internas dão empate técnico. As pesquisas são feitas no Brasil em geral por cota, o que dá uma distorção enorme num país continental. Com 136 milhões de eleitores, você não pode achar que o mesmo percentual de eleitores que não vai votar num determinado Estado é igual a de outro. Vamos divulgar e, pode ter certeza, vai dar empate técnico. Porque todas que nós encomendamos estão dando".

A campanha de Indio contratou o GPP, por R$ 160 mil, para realizar pesquisas entre sábado e hoje, ouvindo 4.047 pessoas. Ela está registrada no TSE sob o número 37.219/2010.

Tags:
Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum comentário