Monticiano e Bom Gosto confirmam união na Lácteos Brasil

Publicado em 23/12/2010 06:53 201 exibições
LBR pretende atuar em toda a cadeia produtiva com captação anual de 2 bilhões de litros.
A Monticiano, empresa de lácteos da GP Investimentos, e o laticínio gaúcho Bom Gosto formalizaram hoje um acordo para criar a Lácteos Brasil S/A (LBR). O BNDES Participações (BNDESPar), acionista da Bom Gosto, fará um aporte de R$ 700 milhões na LBR, sendo R$ 450 milhões em aumento de capital e R$ 250 milhões via subscrição de debêntures conversíveis a serem emitidas pela LBR. Ao mesmo tempo, as ações da Bom Gosto serão incorporadas pela nova empresa.

Com a operação, o Monticiano terá uma fatia de 40,55% da nova empresa, enquanto o BNDESPar ficará com 30,28% e o Bom Gosto, com 26,3%. De acordo com fato relevante da Monticiano, "a efetivação dessa operação depende da implementação de certas condições precedentes".

Segundo o mesmo comunicado, a nova empresa terá faturamento anual de R$ 3 bilhões e capacidade de captação superior a 2 bilhões de litros de leite ao ano, além de ser a "primeira grande empresa nacional focada exclusivamente em produtos lácteos". Entre as marcas da companhia estão Parmalat, Paulista, Poços de Caldas e Glória. Com a combinação dos ativos, a LBR terá 30 unidades e cerca de 6,4 mil funcionários.

As conversas entre a Bom Gosto e a GP Investimentos começaram no fim do primeiro semestre, conforme noticiou o Valor em setembro. Em março, a Monticiano, que é dona da marca Leitbom, já havia formado um consórcio com a Laep Investments, controladora da Parmalat. No consórcio, a Laep aportou fábricas e marcas das empresas Glória e Ibituruna e recebeu ações ordinárias da Monticiano. O licenciamento da marca Parmalat também foi transferido para a Monticiano até 2017.

Tags:
Fonte:
Valor Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário