JBS negocia emissão de R$ 4 bi em debêntures

Publicado em 27/12/2010 08:24 346 exibições

A JBS S.A. informou ontem que está negociando com o BNDESPar uma segunda emissão de debêntures conversíveis em ação, no valor de R$ 4 bilhões. A empresa "está em estágio avançado de negociação com o  principal debenturista  para  a segunda emissão de debêntures mandatoriamente conversíveis com a finalidade de substituição integral das debêntures da primeira emissão", disse em nota, sem mencionar o nome do braço de participações do BNDES.

Com a segunda emissão, a JBS informa que não terá mais obrigação de realizar uma oferta pública de ações da JBS USA em 2011. Segundo a empresa, a nova emissão também permitirá a "otimização da estrutura  financeira e fiscal  da companhia".

Na primeira emissão, no fim de 2009, o BNDES subscreveu 100% dos US$ 2 bilhões em debêntures conversíveis colocadas no mercado pela JBS. Pelo acordo com a BNDESPar, as debêntures seriam convertidas em ações da JBS USA se a empresa concluísse a oferta pública da unidade americana até 31 de dezembro de 2010. Como isso não ocorreu, a JBS adiará formalmente esse prazo por um ano, mas terá de pagar prêmio de R$ 521,940 milhões ao BNDES, equivalente a 15% do valor da emissão. Nessa renegociação, as debêntures passarão a ser conversíveis em ações da JBS S.A.

Em novembro, o presidente da JBS, Joesley Batista, havia dito que a operação de oferta de ações nos EUA ocorreria no terceiro trimestre do próximo ano.

De acordo com a empresa, as novas debêntures terão prazo de cinco anos, juros de 8,5% ao ano, pagos trimestralmente. Os papéis são obrigatoriamente conversíveis em ações da JBS S.A. no quinto ano, com um preço de conversão de R$ 9,50 por ação, acrescidos dos juros pagos aos debenturistas.

Nas últimas semanas, a JBS voltou ao noticiário por conta da informação de que teria feito oferta uma para comprar a empresa americana Sara Lee.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário