Pecuaristas querem recuperar pastos degradados em MT

Publicado em 19/01/2011 07:53 286 exibições
Desafio é da nova diretoria da Acrimat, maior grupo de criadores do Estado.
A nova diretoria da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), que conta com cerca de 35 mil membros no Estado, tomou posse nesta terça, dia 18, em Cuiabá. Quem fica no cargo da presidência pelos próximos três anos é o pecuarista José João Bernardes, que promete empenho para garantir maior desenvolvimento para o setor.

Para o ex-presidente Mário Candia, o maior desafio da nova gestão é recuperar as pastagens degradadas, que atingem vários produtores do Estado. Com a estiagem prolongada de 2010, acredita-se que 30% das pastagens do Mato Grosso estejam mortas.

– A Acrimat deve sensibilizar os Governos Federal e Estadual para tentar mudar esta realidade – disse o ex-presidente.

Na cerimônia, o ex-presidente também comemorou algumas conquistas, como a manutenção do status sanitário do Estado, que completou 15 anos sem registrar casos de febre aftosa.

Questões ambientais
O novo presidente, José João Bernardes, salientou que, na nova gestão, vai ser preciso produzir com sustentabilidade.

– Temos questões ambientais sempre pairando sobre o produtor rural, num ano em que deverão ocorrer mudanças significativas, como a aprovação do Zoneamento Sócio-econômico e Ecológico e do Código Florestal – disse Bernardes na posse.

A cerimônia foi realizada no Centro de Eventos da Acrimat em Cuiabá, e reuniu lideranças políticas e representantes dos setores produtivo e industrial

Tags:
Fonte:
Canal Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário