Governo vai criar Secretaria Nacional de Irrigação

Publicado em 07/02/2011 11:15 1037 exibições
Um dos objetivos da futura secretaria é o de ampliar a área irrigada do país.
No segundo e último dia da Oficina para Elaboração do Plano Estratégico para a Agricultura Irrigada, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, abriu com entusiasmo os trabalhos, ressaltando a importância da retomada da Política Nacional de Agricultura Irrigada, e das proposições de ações e suas implantações no setor.

– O grande marco da Oficina é a oportunidade de sinalização, transmitida ao Ministro da Integração Nacional pela presidente Dilma Rousseff, em apoiá-lo na criação da Secretaria Nacional de Irrigação (Senir). Isso indica claramente a prioridade da alçada ao plano político maior – afirmou Paulo Afonso Romano, secretário adjunto da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) de Minas Gerais.

Para o Presidente da Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Marcelo Borges Lopes, um dos grandes benefícios do fórum de debate será a possibilidade de construir um setor unificado e organizado.

– Sentimos muita falta de sintonia no setor irrigante, dessa forma acabamos espalhando as energias. A decisão da criação da Senir vai ao encontro de um pleito nosso, para que haja um órgão dentro do governo federal que tenha representatividade e peso suficiente para negociar alguns entraves ao nosso crescimento – disse Marcelo Lopes. Um dos objetivos da futura secretaria é o de ampliar a área irrigada do país, que hoje é pequena em relação ao total da produção brasileira.

Além disso, a proposta da Senir é de ser utilizada como um instrumento estratégico de governo para dar respostas a grandes problemas como reduzir a disparidade de rendas, interiorizar o desenvolvimento, reduzir a disparidade regional, assegurar a oferta de alimento durante o ano inteiro sem que se reforce os picos de inflação, e no sentido amplo trazer segurança alimentar.

– Devido à transparência e eficácia do Fórum de Agricultura de Irrigação as pessoas presentes estão acreditando numa grande mudança. Esse fórum de debate foi o ponto de partida dos trabalhos para reduzir a pobreza e disparidade regional da política de governo da Agricultura Irrigada, utilizando como instrumento a Senir – afirmou Paulo Romano.

Os representantes da Agricultura Irrigada participaram de atividades, durante todo o dia, para a construção de uma pauta de trabalho, elaborando Planos de Ação da Agricultura Irrigada para levantar ações futuras a serem utilizadas na Agricultura Irrigada brasileira. As informações são do Ministério da Integração Nacional.

Tags:
Fonte:
Agência Safras

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário