Estiagem corta produtividade no Noroeste de Minas Gerais

Publicado em 21/02/2011 08:11 218 exibições
A irregularidade nas chuvas prevista para ano de La Niña se concretizou em parte das lavouras do Noroeste de Minas Gerais. Há plantações sob dias de sol há quatro semanas.

A Expedição Safra entrevistou produtores que administram áreas de até 2,4 mil hectares que previram queda na produção de soja de 55 para 45 sacas por hectare. Áreas que já renderam 205 sacas de milho podem resultar em apenas 160 sacas por hectare.

Para a economista Tânia Monteiro, da Federação da Agricultura do Paraná (Faep), a possivel queda na produtividade não deve interferir nos projetos de expansão das lavouras na região. "Os preços estão muito atrativos. O milho está valendo R$ 32 a saca e a soja, R$ 45. A cotação do cereal é um terço maior que a do Paraná. Na soja, está praticamente igual", avalia.

Tags:
Fonte:
Gazeta do Povo

0 comentário