Fumicultura cobra igualdade a setor

Publicado em 02/03/2011 07:55 170 exibições
A necessidade de alternativas de produção e renda para a cultura do tabaco dominou os discursos na abertura da 11ª Expoagro Afubra, ontem (1), em Rio Pardo. O presidente da Afubra, Benício Werner, cobrou do governo tratamento igualitário à fumicultura em relação aos demais setores, principalmente nos financiamentos agrícolas. Ele ainda abordou as consultas públicas da Anvisa referentes à fabricação de cigarros. O delegado do MDA, Nilton Pinho de Bem, disse que o governo federal vai apoiar a agenda da saúde pública, mas não aceitará coibição à atividade econômica vinculada ao tabaco. Hoje, o evento terá, a partir das 10h, leilão da raça Holandês. Até amanhã, mais de 300 expositores apresentam produtos e técnicas voltadas ao meio rural nos 30 hectares do Parque no distrito Rincão del Rey.
Tags:
Fonte:
Correio do Povo

0 comentário