Fumicultores planejam redução de 20% na área para a próxima safra

Publicado em 12/04/2011 09:49 179 exibições
Medida serve para adequar produção à demanda da indústria e melhorar preços.
Os produtores de fumo reclamam que as indústrias estão remunerando abaixo dos custos de produção. As empresas fumageiras alegam que, além da qualidade do produto estar abaixo do recomendado, existe excedente de tabaco de safras anteriores. Os representantes dos dois elos da cadeia produtiva se reuniram nessa segunda, dia 11, para debater o rigor na classificação do produto.

Conforme o vice-presidente da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), os produtores estão com receio de entregar a produção devido ao baixo preço. Heitor Petry explica que os fumicultores estudam reduzir a área plantada para adequar a produção à demanda da indústria.

– As indústrias alegam um excedente de produção, mas há uma contradição, porque poucas falam em reduzir áreas para a próxima safra e nós vamos fazer um trabalho intenso para reduzir em 20% a área de plantio para a próxima safra para adequar a produção ao mercado – revela.

Segundo a Afubra, a média de preço obtida pelo quilo da variedade Virginia, por exemplo, é de R$ 4,98, cerca de 20% menor em relação à obtida na safra passada. Se comparada à tabela, acordada em R$ 6,25, a queda é ainda maior. A estimativa da entidade é que a colheita desta safra, que ainda não está finalizada, chegue a 800 mil toneladas.

Tags:
Fonte:
Rádio Gaúcha

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário