Animais recebem dose contra aftosa em São Paulo

Publicado em 09/05/2011 10:28 304 exibições
Nesta etapa da campanha, apenas bois e búfalos com até 24 meses devem ser vacinados no estado.
Termina em 31 de maio a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa em São Paulo. Neste mês, apenas os bois e búfalos com até 24 meses devem ser vacinados. Dos 11 milhões do total de cabeças do rebanho paulista pouco menos de cinco milhões estão nessa faixa etária. De acordo com a chefe do Serviço de Saúde Animal (SSA) de São Paulo, Patrícia Silvia Pozzetti, a mobilização será feita em todas as 150 mil propriedades rurais. Em 2% delas, a vacinação será assistida por veterinários do estado para garantir a cobertura de 100% do rebanho.
Na última etapa da campanha, em novembro de 2010, quando os animais de todas as faixas etárias recebem a vacina, a cobertura ficou próxima dos 99%.

Algumas propriedades são caracterizadas como de maior risco, quando não vacinam todo o rebanho. “Nesses locais, optamos pela vacinação oficial, acompanhada pelos nossos fiscais”, reforça Patrícia Pozzetti.

O estado de São Paulo é responsável por cerca de 40% de carne bovina exportada pelo Brasil, e o principal corredor para exportação da produção brasileira. “A ocorrência de um foco de febre aftosa no estado, seria extremamente prejudicial a toda produção brasileira”, afirma a chefe do SSA. Além disso, São Paulo tem uma genética bovina muito valorizada, que abastece também outros estados. Desde março de 1996, São Paulo não registra casos de febre aftosa.

O produtor tem até o dia 7 de junho para comprovar que vacinou o rebanho. Basta levar o documento de compra da vacina a uma das 103 Unidades Veterinárias Locais (UVL) ou a um dos 282 Escritórios de Atendimento à Comunidade (EAC).

Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário