Adiado acordo do Quatro Marcos mais uma vez

Publicado em 23/05/2011 16:33 188 exibições
Acrimat: Os bancos continuam dando ´as cartas’ nos processos de recuperação judicial dos frigoríficos
O desfecho do processo de recuperação judicial do frigorífico Quatro Marcos parece não ter fim. A nona tentativa de acordo entre os credores, que querem receber uma conta que foi aberta em dezembro de 2008, não deu certo. “Os bancos continuam dando ‘as cartas’ nas votações das assembleia gerais por serem os maiores credores”, salientou Luciano Vacari, superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso – Acrimat. A AGC, que começou às 11 horas de hoje (23) em Osasco (SP) foi suspensa por 97,5% dos credores de todas as classes.

O décimo encontro do frigorífico com os credores em AGC foi marcado para o dia 20 de junho, às 11 horas, no Hotel Pan Americano, Rua Augusta, número 778, Bairro da Consolação, São Paulo/ SP. “A Acrimat vai continuar acompanhando todo processo”, disse Vacari, que explica que “essa próxima assembleia acontece com qualquer quorum, já que houve apenas a suspensão”.

O último acordo firmado pelo Quatro Marcos com os credores, no ano passado, previa o pagamento da dívida com os pecuaristas em 12 parcelas iguais, com correção pela taxa Selic desde novembro de 2009.  O frigorifico quitou apenas 6 parcelas, de abril a setembro de 2010, e interrompeu os depósitos em outubro. A dívida inicial com os pecuaristas era de R$ 35,7 milhões sendo que desse montante R$ 26 milhões somente com os 273 produtores de Mato Grosso.  

 O pedido de recuperação judicial do Quatro Marcos aconteceu no dia 29 de dezembro de 2008. Nesse período foram realizadas nove assembleias gerais, sendo a primeira no dia 20 de outubro de 2009. A dívida total do Quatro Marcos, quando começou o processo, era de R$ 427.869.332,67.

Tags:
Fonte:
Acrimat

0 comentário