Agricultores e pecuaristas disputam posse de terra da União em RO

Publicado em 12/07/2011 07:52 211 exibições
A área da União fica há pouco mais de 100 km de Porto Velho, no distrito de Jaci-Paraná, região norte de Rondônia e tem 2,5 mil hectares. A terra foi ocupada há 15 anos por criadores de gado e há cerca de um ano, um grupo de 50 famílias também invadiu o espaço. De lá para cá começaram as disputas pela área. Agora, os pecuaristas ganharam na justiça o direito a reintegração de posse, o que revoltou os posseiros. O grupo cultiva mandioca, banana, milho e cria porcos e galinhas.

A justiça deu um prazo de oito dias para que os posseiros desocupem a área, mas as famílias garantem que vão continuar. Elas estão divididas em barracos, feitos em sua maioria, de palha.

Há cerca de 15 dias, homens armados invadiram o local e exigiram a desocupação. Houve
destruição de barracos com motosserra e fogo.

O superintendente do Incra em Rondônia disse que instituto vai pedir a retomada da área da União para transformá-la em assentamento. Carlino Lima garantiu ainda que o processo de retomada das terras vai ser iniciado nos próximos dias. Enquanto uma nova decisão da justiça não sai, os agricultores que não desocuparem a área no prazo terão que pagar multa diária de R$ 300.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário