Tormenta na economia dos EUA derruba commodities agrícolas

Publicado em 29/07/2011 12:19 1701 exibições
As incertezas que assombram o futuro da economia dos EUA pressionam o mercado de commodities agrícolas. As cotações caem de forma generalizada nas bolsas norte-americanas. A maior preocupação dos traders ainda é a falta de um acordo entre republicanos democratas sobre a elevação da dívida pública do país.

O presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, John A. Boehner, adiou a votação do plano republicano para a elevação do teto da dívida que era esperada para acontecer nesta quinta-feira.

O plano proposto criou um impasse entre a Câmara e o Senado sobre como cortar os gastos do governo e elevar o teto da dívida até o dia 2 de agosto, data limite para que os EUA declarem a moratória.

Diante disso, os investidores aumentam sua aversão ao risco e acabam saindo de ativos considerados mais arriscados, como as matérias-primas. Em alguns mercados em que vinha registrando altas nos últimos dias, os agentes aproveitaram o mau-humor do mercado financeiro para realizar lucros e também recuaram.

Bolsa de Chicago - Nesta sexta-feira, os grãos negociados na Bolsa de Chicago operam em queda. A soja, no início do pregão diurno, já somava baixas de dois dígitos, assim como o milho e trigo. Apesar das incertezas sobre a produtividade por conta do clima adverso, os preços hoje refletem as turbulências do mercado financeiro.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário