Conab realiza leilões de grãos esta semana

Publicado em 02/08/2011 14:15 269 exibições
Cerca de 370 mil t de trigo, feijão, milho e arroz serão comercializados
A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realiza leilões para a comercialização de 140 mil t de trigo; mais de 1 mil t de feijão; 62 mil t de milho; e 165 mil t de arroz nesta semana. Os grãos negociados são provenientes dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Goiás e Minas Gerais.

A partir das 9h desta quarta-feira, 3 de agosto, está programada uma operação de venda de 43 mil t de trigo safra 2008/2008 dos estados do Paraná e Rio Grande do Sul. Após o término do primeiro leilão, serão comercializadas 97 mil t do grão produzidas em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná. Os interessados devem estar cadastrados na bolsa por meio da qual pretendam realizar a operação. Outro requisito para participar é estar em situação regular no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes da Conab (Sircoi).

Na quinta-feira, 4 de agosto, será realizado um leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) para escoamento de 140 mil t de arroz em casca oriundo dos três estados da região Sul e de Mato Grosso do Sul. Outras 25 mil t do produto em casca beneficiado, produzidos no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, serão negociadas em uma operação de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP). Os grãos adquiridos nas operações de PEP e Pepro não podem ter como destino final a região Nordeste, Sul, Sudeste, Centro-Oeste; os estados de Tocantins, Pará, Roraima; nem os países Argentina, Paraguai, Uruguai e Suriname.

Após o término dos leilões de arroz, serão realizadas operações de venda de quase 2 mil t de feijão e 62 mil t de milho. Os interessados na venda de milho devem ser cooperativas e/ou produtores de aves, suínos, bovinos (de leite e de corte), indústrias de insumo para ração animal ou alimentação humana à base do grão.

Saiba mais 

Prêmio para Escoamento de Produto (PEP): 

O governo concede um valor à agroindústria ou cooperativa que adquire o produto pelo preço mínimo diretamente do produtor rural e o transporta para região com necessidade de abastecimento.

Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro): O governo concede uma subvenção econômica (prêmio) ao produtor e/ou sua cooperativa que se disponha a vender seu produto pela diferença entre o valor de referência estipulado pelo governo federal e o valor do prêmio arrematado em leilão.
Tags:
Fonte:
Min. Agricultura

0 comentário