Commodities respondem por quase metade das exportações brasileiras

Publicado em 27/10/2011 08:51 394 exibições
Desde 2006 que o Brasil vê as exportações de cinco commodities crescerem ano a ano. Os embarques de minério de ferro, petróleo (bruto), soja (complexo), açúcar (bruto e refinado) e complexo de carnes corresponderam a 46,8% das vendas brasileiras ao exterior de janeiro a agosto deste ano.

O aumento nas exportações brasileiras de commodities é puxado pela demanda dos países asiáticos, especialmente pela China. Segundo a Fundação de Estudos de Comércio Exterior (Funcex), o destaque nos embarques fica por conta do minério de ferro que hoje responde por cerca de 16% das vendas e viu seus preços subirem 54% em relação a 2010.

De acordo com Fernando Ribeiro, economista-chefe da Funcex "A concentração da pauta nessas commodities é uma tendência do período. A demanda global por esses produtos aumentou muito, especialmente com a ascensão da China", afirma. Já para o consultor da Barral M Jorge Associados, Welber Barral, o fator de destaque para as exportações é a elevação nos preços. Somente o setor da agricultura e pecuária, a qual a soja faz parte, tiveram aumento de 37,4% em suas cotações.

Segundo Ribeiro, a pequena quantidade de commodities que respondem por quase metade das exportações brasileiras e os poucos mercados compradores, como a chinês, é um fator preocupante, pois deixa o Brasil vulnerável a oscilações de preços e mudanças econômicas, o que pode causar estragos na balança comercial brasileira.

Com informações Valor Econômico

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário