Algodão: Preços da pluma no MT retraem frente a possibilidade de importação sem a TEC

Publicado em 16/04/2013 09:15 432 exibições
Com a retirada da Taxa Externa Comum (TEC) na importação de pluma, no valor de 10% - entre maio e julho - o contínuo abastecimento das indústrias será garantido com uma cota de 80 mil toneladas de importação. Porém, a comercialização da pluma nacional deve desacelerar nos próximos meses, e os preços que vinham em constantes altas já mostraram enfraquecimento, e agora devem seguir a tendência internacional. OS negócios da pluma disponível estavam em ritmo acelerado até o início do mês de abril, mas a possível queda da TEC segurou as negociações nas últimas duas semanas. Mesmo assim, o avanço da comercialização da pluma disponível estavam em ritmo acelerado até o início do mês de abril, mas a possível queda da TEC segurou as negociações nas últimas duas semanas. Mesmo assim, o avanço da comercialização da pluma disponível, safra 2011/12, foi de 2,7 pontos percentuais, passando de 93% para 96% da produção comercializada nos últimos 30 dias. Assim, a estimativa é que Mato Grosso possua um estoque de 46 mil toneladas. Já a comercialização da safra 2012/13 evoluiu 4,7 pontos percentuais em relação ao mês passado, passando de 60% para 64% da produção comercializada. A evolução foi significativa em relação ao andamento dos meses anteriores, que vinha em ritmo mais lento.

Leia o boletim completo no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário