Algodão MT: Preços devem continuar arbitrados pela demanda interna

Publicado em 24/09/2013 09:46
657 exibições

O índice de produção física do IBGE indicou reação na produção da indústria têxtil nacional no mês de julho em 5,1%, enquanto em junho houve queda de 2,4% (ano base 2002 = 100), já entre janeiro e julho a queda foi de 3,1% em relação ao mesmo período do ano passado e no acumulado de 12 meses a queda foi de 2,4%. O mercado interno de algodão sentiu o crescimento da demanda em julho, visto também a reação dos preços da pluma, que saíram da média de R$ 59/@, em junho, para R$ 66,5/@ em julho. A indústria de forma geral procurou a pluma no mercado interno, mas comprou em pequenos lotes, aguardando condições de mercado favoráveis para completar o suprimento das indústrias. Para os próximos meses, o comportamento dos preços em Mato Grosso deve continuar arbitrado pela demanda interna, visto que o comércio interno está remunerando melhor o produtor do que as exportações, mesmo com o câmbio desvalorizado, cotado a R$ 2,24. Para exportações, a pluma mato-grossense chegaria ao porto valendo R$ 69,7/@, enquanto para a Bolsa de Nova Iorque no mercado interno a remuneração é de R$ 62/@, valor 12% superior. A oferta reduzida dentro do país pode manter os preços no mercado interno descolados do mercado internacional, porém se houver queda na demanda interna há espaço para diminuição do preço. 

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

Nenhum comentário