Algodão MT: Preocupação com safra norte-americana deixou preços em alta

Publicado em 08/10/2013 09:10
809 exibições

A preocupação com a safra norte-americana, que está em processo de colheita, deixou os preços em alta, encerrando a semana em cents de US$ 87/lp. Muitas chuvas atrapalham a retirada da pluma do campo, enquanto a China também passa por situações semelhantes. As lavouras por lá devem render pouco em produtividade, devido principalmente à baixa adoção de tecnologia. China e Estados Unidos representam 37% da produção mundial do produto, e esta concentração dos players da cadeia produtiva do algodão foi o principal destaque na plenária do Icac, realizada na última semana na Colômbia. A concentração de estoques e as políticas de controle de preço distorcem a relação de oferta e demanda natural que deve ocorrer nesse mercado. Sem a China os estoques mundiais de algodão devem aumentar apenas 2,2% na safra 2013/14 em relação à safra 2012/13, totalizando 8,9 milhões de toneladas, mas o país chinês detém mais da metade do algodão do mundo, 52,2%, e deve aumentar sua participação ao final da safra 2013/14 para 56%. Além disso, a indústria têxtil desse país, e na Ásia em geral, vem aumentando o uso de fibras alternativas, como o poliéster, a fim de ganhar em competitividade devido ao baixo custo, o que vem gerando queda consecutiva na participação mundial do algodão como fonte de fibra para a indústria têxtil.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

0 comentário