Algodão: Indea notifica 230 propriedades em 43 dias de vazio sanitário em MT

Publicado em 13/11/2013 07:16 564 exibições

Relatório preliminar do vazio sanitário do algodão em Mato Grosso, elaborado pelo Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT), aponta que 230 propriedades rurais foram notificadas pela presença de plantas vivas nas lavouras. Destas, em 18 não se cumpriu com a obrigação de eliminá-las e houve atuações. A restrição é uma medida preventiva para evitar o aparecimento do bicudo.

Até o momento foram vistoriadas 471 propriedades rurais, sendo nove a menos que a estimativa prévia para este ano. O instituto fiscaliza em cada município pelo menos 20% das áreas que na safra passada produziram a cultura.

“Por um pedido da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), o vazio sanitário começou mais tarde, então o produtor que se organizou conseguiu destruir as rebrotas do algodão a tempo”, diz o fiscal agropecuário da Coordenadoria de Defesa Vegetal do Indea, Rogaciano Arruda.

Leia a notícia na íntegra no site do Agrodebate.

Tags:
Fonte:
Agrodebate

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário