Algodão: Paridade de exportação sustenta preços

Publicado em 31/03/2010 14:53 446 exibições
Os preços do algodão em pluma seguiram em alta no Brasil impulsionados pela sustentação da oferta e da demanda domésticas, bem como pela paridade de exportação. Segundo pesquisas do Cepea, apesar de esses preços estarem abaixo dos verificados no mercado interno, a valorização da paridade passa a dar maior suporte à retração de vendedores. No Brasil, entre 23 e 30 de março, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias teve alta de 2,54%, fechando na terça-feira a R$ 1,5688/lp. Na parcial de março, o Indicador acumula aumento de 9,88%.
Tags:
Fonte:
Cepea/Esalq

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário