Algodão: Baixas intensificadas no Brasil

Publicado em 20/04/2011 10:10 600 exibições
As cotações do algodão têm caído com mais intensidade no mercado brasileiro, de acordo com dados do Cepea. A pressão vem de fatores internos, como estimativa de forte crescimento da produção e retração compradora, e também das baixas observadas no mercado externo. Entre 12 e 19 de abril, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias recuou 7,8%, fechando a terça-feira a R$ 3,4569/lp. Quanto à nova safra, parte dos poucos produtores que começam a colher neste mês está recuada para novas negociações, de acordo com informações do Cepea. Esses cotonicultores têm priorizado a colheita, beneficiamento e o cumprimento dos contratos.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário