Algodão: Desaceleração na China pressiona novamente cotações em NY

Publicado em 03/05/2011 07:47 495 exibições
Novos sinais de desaceleração das indústrias têxteis da China voltaram a pressionar para baixo as cotações do algodão na bolsa de Nova York. Os contratos para julho encerraram o dia a US$ 1,5445 por libra-peso, retração de 357 pontos. De acordo com a Bloomberg, foi a quinta queda em seis sessões. O Índice de Administração de Compras chinês recuou em abril em relação a março, de acordo com levantamento a Federação de Logística da China. Isso indica, conforme analistas ouvidos pela Bloomberg, que as indústrias têxteis chinesas estão se retraindo. Ainda, que a demanda por algodão continua fraca. Em Rondonópolis (MT), a arroba da pluma segue acima de R$ 96, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário