NY: Algodão encerra em queda com maior oferta na Índia

Publicado em 25/07/2011 15:01 e atualizado em 25/07/2011 15:46 403 exibições
O comissário da Indústria Têxtil da Índia, A.B. Joshi,  informou nesta segunda-feira um nova ajuste para cima da estimativa para a produção de algodão do país na safra 2010/11. O aumento foi de 31,2 milhões para 32,5 milhões de toneladas.

O aumento do volume estimado pelo governo foi resultado da liberação dos estoques por parte dos produtores que, ao esperarem por por preços maiores para a pluma, retiveram seus estoques por um tempo.

Para o ano comercial 2010/11, a Índia já autorizou a exportação de 6,5 milhões de fardos em razão do aumento das estimativas para a colheita.
 
No ciclo 2009/10, a produção indiana foi de 29,5 milhões de fardos de 170 quilos.

Nesta segunda-feira, os contratos futuros do algodão encerraram o pregão diurno em queda na Bolsa de Nova York, pressionados, justamente, por essa previsão de aumento das ofertas na Índia.

Se o país liberar volumes adicionais para embarque, como resultado de uma produção maior e da fraca demanda, há possibilidade de novos recuos. Para o vencimento outubro, os lotes foram cotados a 95,21 cents por libra-peso, com baixa de 393 pontos.

Veja como ficaram as cotações do algodão no fechamento da Bolsa de NY:

>> ALGODÃO

Tags:
Por:
Marília Pozzer e Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário