Indústria de fiação de algodão passa a funcionar em MT

Publicado em 05/12/2011 07:37 703 exibições
Uma indústria de fiação de algodão foi inaugurada na sexta-feira (2) no município de Campo Verde processará 15% da produção local, obtendo um volume de 1,2 mil toneladas de fios de algodão/mês.

Foram investidos R$ 40 milhões e a previsão de faturamento mensal é de R$ 9 milhões. Metade dos recursos saiu via Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste (FCO). A produção será comercializada nos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Verticalização da cadeia produtiva provocada pela Cooperfibra contribuirá com a geração direta de 140 postos de trabalho no município, conforme o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras de Mato Grosso (OCB), Onofre Cesário de Souza Filho.

Ele acrescenta que a fiação influenciará na implantação de outras duas indústrias - em Chapada dos Guimarães e Campo Verde. Este ano, a Cooperfibra faturou R$ 500 milhões com a comercialização da produção de algodão.

Para presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário em Mato Grosso (Sindvest), Sérgio Antunes, a geração de empregos e renda é o principal benefício da nova planta industrial. “Não refletirá no preço ao consumidor final, porque faltam tecelagens e mais fiações no Estado”.

Tags:
Fonte:
Só Notícias

0 comentário