Bélgica busca aprendizado sobre pinhão-manso

Publicado em 12/08/2008 17:26 1091 exibições
O embaixador da Bélgica no Brasil, Johan Ballegeer, visitou a Embrapa Cerrados (Planaltina - DF) na manhã de hoje (12) para conhecer as pesquisas com plantas oleaginosas direcionadas para a produção de biocombustíveis. Ballegeer e outros 30 embaixadores belgas de países tropicais preparam um relatório para o Ministério das Relações Exteriores da Bélgica sobre as pesquisas com pinhão-manso e o cultivo da planta que está sendo estudada na área experimental da Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa desde janeiro.<?XML:NAMESPACE PREFIX = O />

Os pesquisadores Nilton Junqueira e Júlio Albrecht apresentaram os estudos em andamento com palmáceas visando a identificação de espécies mais apropriadas para a produção de biocombustíveis. Junqueira salientou que as pesquisas pretendem associar as produções de carne e leite às espécies produtoras de óleo para que a agroenergia não seja competidora da produção de alimentos. O pesquisador citou a macaúba como uma das espécies que pode ser cultivada sobre o pasto.

Após as apresentações, e as trocas de informações com o chefe-geral José Robson Sereno e a articuladora internacional Marília Silva, o embaixador foi até a área do campo conhecer os cultivos de dendê e pinhão-manso para fins de pesquisa. Ao final da visita, Ballegeer questionou sobre o interesse da Embrapa fazer parcerias com empresas privadas para desenvolver pesquisas com plantas oleaginosas.(Gustavo Porpino de Araújo)

 

Fonte: Embrapa Cerrados

Fonte:
Embrapa Cerrados

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário