Famasul projeta indicador de custo de produção na pecuária

Publicado em 08/02/2012 09:45 524 exibições
Para subsidiar os pecuaristas com informações mais precisas de preço de custo e tendência de mercado, a Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) está criando uma ferramenta de levantamento de dados da bovinocultura. Com variáveis como evolução de rebanho, abate e trânsito de animais desde 2007, o estudo vai facilitar um diagnóstico mais apurado do setor para indicar ao produtor rural benefícios de investimento na atividade ou na diversificação de produção.

“Com uma análise mais detalhada, o produtor poderá fazer projeções e mesmo comparações com outras atividades. Isso vai facilitar sua visão de negócio para que ele decida como aumentar sua produtividade e lucratividade”, explica a economista e assessora técnica da Famasul, Adriana Mascarenhas. O sistema de indicadores deve ficar pronto até o final de 2012. Durante todo o ano, a Famasul irá ouvir pecuaristas e entidades representativas na produção de gado.

Para a Associação Sul-mato-grossense de Produtores de Novilho Precoce (ASPNP), a iniciativa vai complementar as ações de modernização que o Estado tem adotado na pecuária. “Ao longo dos últimos cinco anos, o produtor teve de se adaptar à tecnologia. Com a informatização do sistema de controle de trânsito animal e vacinação feito pela Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO), por exemplo, sabemos da verdadeira quantidade de cabeças nas propriedades”, diz Alexandre Scaff Raffi, presidente da entidade.

Mas a maior contribuição do indicador para os pecuaristas está na avaliação real da rentabilidade da produção. “Com dados do que foi vendido, comprado e exportado, vamos ter um raio x da evolução da pecuária no Estado e entender a dinâmica do mercado. O produtor terá mais condições de avaliar qual retorno esta tendo e o que pode dispor para diversificar”, analisa Alexandre.

Tags:
Fonte:
Famasul

0 comentário