Publicidade

Boi MT: Participação na carne bovina comercializada é quase estável para o pecuarista

Publicado em 26/02/2013 11:19 439 exibições
A participação no preço da carne bovina comercializada na gôndola dos supermercados e açougues, isto é, o que cada elo da cadeia recebeu proporcionalmente ao preço de venda do quilograma da carne ao consumidor, variou, para o pecuarista mato-grossense, próximo da estabilidade. Para o período dos últimos 13 meses o pecuarista de Mato Grosso recebeu, em média, 33,04% do preço pago pelo consumidor, sendo justificada tal participação considerável ao tempo que o animal passa na fazenda e seu consequente custo de produção. Já a indústria possui uma participação, em média, para o mesmo período, de 2,63%, o menor entre todos os elos. Como esperado, é o varejo que recebe a maior fatia do preço pago pelo consumidor, com uma participação média, para o mesmo horizonte de análise, de 64,33%. Quando são analisados os preços, nota-se que o pecuarista de Mato Grosso está recebendo 2,76% menos no preço da arroba - em janeiro de 2012 a cotação da arroba era de R$86,92. Já atacado e varejo aumentaram seus preços: 0,10% e 29,54%, respectivamente.

Confira aqui a análise completa.

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário