Reprodutores: negócios em ritmo lento

Publicado em 08/04/2013 14:23 306 exibições
Apesar da maior quantidade de leilões em relação ao início do ano, a demanda por reprodutores está calma.

A oferta também está comedida, uma vez que boa parte dos negócios ocorreu nas semanas próximas à última estação de monta.

Em 2013, os preços da arroba em patamar firme têm refletido nas cotações de tourinhos, que trabalham em cenário semelhante.

A perspectiva de melhora da movimentação fica para o segundo semestre, quando sazonalmente os eventos ligados à reprodução ganham volume.

Em curto prazo, a expectativa é de calmaria, com possível pressão por parte do mercado do boi gordo na entrada da estação das secas.

Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário