Semana da Dependência: Ação pretende suspender abates por um mês

Publicado em 04/07/2013 12:12 1157 exibições

Enquanto manifestações pedindo melhorias nos mais diversos setores da sociedade acontecem nas grandes cidades brasileiras, produtores rurais se organizam no campo para uma manifestação diferente: pretendem paralisar a entrega de animais para abate no período entre 20 de agosto e 20 de setembro. Intitulado como “Semana da Dependência”, o movimento quer chamar a atenção para assuntos como a demarcação de terras indígenas e a prorrogação de dívidas, entre outros temas.

Conforme Glauco Mascarenhas, pecuarista e coordenador do movimento, essa é uma ideia antiga de produtores rurais que pretendiam suspender o fornecimento de alimentos para chamar a atenção para uma série de problemas que vem acontecendo no campo. A mobilização começou a tomar corpo no início de junho no município de Dourados, no Mato Grosso do Sul, coincidentemente no mesmo período em que as manifestações populares explodiram pelo Brasil. “A coisa veio acumulando e estourou com a questão da demarcação de terras. Não se trata mais apenas de um motivo puramente econômico, mas também de vidas humanas, de conflitos, e o governo federal está deixando a coisa se desenrolar sem demonstrar uma atitude concreta para que isso termine. Entendemos que é a hora de fazer algo que dê algum impacto maior para que o governo tome alguma atitude. Temos uma experiência de que o governo não age nunca, apenas reage, e, então, tomamos essa iniciativa”, afirma.

 

Confira a notícia na íntegra no site do Jornal do Comércio

Tags:
Fonte:
Jornal do Comércio

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário