No RS, áreas que eram destinadas à soja, recebem agora o gado de corte

Publicado em 10/07/2013 08:43 583 exibições

O rebanho com cerca de 300 cabeças de gado foi para Cruz Alta, no noroeste gaúcho, há menos de dois meses. O criador que durante o verão manteve os animais na propriedade mais ao sul do estado, mudou o ambiente em busca de alimentos mais nutritivos. A qualidade das pastagens do noroeste gaúcho garante a engorda do gado de corte. O azevém de inverno, produzido em cima das lavouras que no verão receberam a soja, serve de alimento nutritivo para os animais.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário