Boi: Indicador acumula queda de 1,5% no mês

Publicado em 17/10/2013 09:49
581 exibições

Entre 9 e 16 de outubro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo caiu 1,86%. A baixa foi influenciada, sobretudo, pela pressão da indústria. Embora a oferta de animais seja restrita, frigoríficos têm buscado diminuir os preços no mercado paulista, alegando dificuldade em manter os patamares da carne no atacado. As recentes e consecutivas baixas da arroba fizeram com que, na parcial de outubro, o Indicador acumulasse queda de 1,53% – até o dia 9, o acumulado era de alta de 0,3%. Segundo pesquisadores do Cepea, essa mudança da tendência de preços, no entanto, não desanimou a ponta vendedora de animais para abate. Muitos pecuaristas acreditam em novos reajustes de valores ao longo de outubro, argumentando que as escalas da indústria e o volume de animais ofertados não remetem a um cenário baixista. 

Tags:
Fonte: Cepea

Nenhum comentário