Boi MT: Com demanda aquecida, exportações aumentam

Publicado em 25/02/2014 08:49 498 exibições

Que a oferta de bovinos terminados à indústria frigorífica mato-grossense não vai muito bem é verdade, porém, também é verdade que a "fome" por carne bovina está maior. Pelo lado da oferta os relatos são constantes de que não se compra boiadas com facilidade, seja por não existir esses animais, seja pela precariedade das estradas, o que dificulta a retirada das boiadas do pasto. Percebe-se que a demanda está aquecida e, mesmo com o recuo pontual nas exportações de dezembro/13 para janeiro/14, o primeiro mês do ano de 2014 registrou um volume (21,88 mil toneladas) jamais exportado em qualquer outro janeiro da história. Internamente a demanda vai bem também e as provas vêm do atacado com osso em Mato Grosso, em especial pelos cortes do dianteiro com osso que já acumulam uma alta de 16,69% ante as primeiras cotações do ano. Portanto, é normal que esse desequilíbrio entre a oferta e a demanda eleve os preços do boi gordo no mercado físico mato-grossense, sendo uma realidade para os atores do mercado um preço acima de R$ 100,00/@, na média estadual.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário