Boi MT: Caso de mal da vaca louca no estado não trouxe reflexos nos preços

Publicado em 20/05/2014 10:13 391 exibições

No dia 19/03/2014 um animal com suspeita do mal da vaca louca foi encontrado em um frigorífico em São José dos Quatro Marcos, sendo, posteriormente, confirmada pela Rede de Laboratórios Nacionais Agropecuários (Lanagro) e pela Organização Mundial para Saúde Animal (OIE) a marcação priônica. Em meio a tudo isso, geraram-se, no mínimo, dois temores no mercado, um relativo a preços e outro à demanda externa, às exportações. Fato é que os preços não sentiram os efeitos do evento atípico do mal da vaca louca e a prova disso é a valorização do boi gordo em 1,71% do dia do evento até a sexta-feira. Com relação às exportações não foi confirmado o temor, registrando em abril/14 um aumento de 13,85% em volume e 21,18% em receita, quando comparado ao mês anterior. Entretanto houve países que embargaram a carne estadual (Peru e Egito), sendo um ato do ponto de vista técnico inválido e uma das provas disso é que o nosso principal comprador de carne bovina, a Rússia, liberou mais uma planta para exportar, mostrando o potencial de elevação nas exportações da carne mato-grossense.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário