Manutenção do status sanitário do rebanho de MT requer investimento

Publicado em 12/11/2014 07:26 48 exibições

Os pecuaristas de Mato Grosso devem desembolsar aproximadamente R$ 48 milhões na vacinação do rebanho bovino contra a febre aftosa e a brucelose. A campanha da aftosa é realizada em novembro, mas para aproveitar o manejo dos animais os produtores imunizam as fêmeas contra a brucelose neste mesmo período. 

Oficialmente, a vacinação contra a brucelose, que é semestral, é realizada nas fêmeas de três a oito meses. Já a de aftosa ocorre em duas etapas pré-definidas: em maio, para animais de até 24 meses e em novembro, para todo o rebanho. 

Confira a notícia na íntegra no site do Diário de Cuiabá

Tags:
Fonte:
Diário de Cuiabá

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário