Simpósio em Mato Grosso discutirá o papel da pecuária no Sistema ILP

Publicado em 07/05/2019 17:00
148 exibições

O papel da pecuária dentro do Sistema de Integração Lavoura Pecuária será o foco principal do 9º Simpósio Nutripura, evento que será realizado em Mato Grosso, estado responsável pelo maior rebanho do Brasil, com mais de 30 milhões de cabeças de gado. Durante dois dias, pesquisadores, agricultores, pecuaristas, estudantes e profissionais da área estarão reunidos em Rondonópolis (MT), debatendo sobre o sistema ILP, que nos últimos anos trouxe uma série de benefícios para o Agronegócio, como a diversificação na produção da propriedade, redução no custo de formação das pastagens e aumento de produtividade e renda tanto na Agricultura como na Pecuária.

As inscrições para participar do evento já estão abertas e o primeiro lote segue até o dia 15 de maio. O Simpósio será realizado nos dias 28 e 29 de junho e vai reunir alguns dos maiores especialistas em pecuária do Brasil e do mundo, em um dia com palestras e mesa redonda e, outro, com um dia de campo. O evento é uma realização da empresa Nutripura, que completa 17 anos de existência, O Simpósio também vai abordar temas importantes, como a rentabilidade do sistema de produção como um todo, inclusão de novas ferramentas e tecnologias, resultados de pesquisas, gestão, informações de mercado e também palestras motivacionais.

De acordo com o organizador do evento, Lainer Leite, o principal objetivo do evento é apresentar à cadeia produtiva as oportunidades e desafios para que se tenha sucesso utilizando a Ferramenta integração lavoura pecuária. “Para se ter uma ideia na pecuária tradicional, em linhas gerais temos de 6 a 7 meses de período chuvoso, onde temos pastagens verdes, com boa disponibilidade e qualidade e 5 a 6 meses do que chamamos de período seco, onde temos pastagens com menor qualidade e também em menor disponibilidade. Neste contexto a inserção da integração lavoura pecuária neste sistema de produção muda drasticamente a disponibilidade e a qualidade dessa forragem no período de seca, onde teremos disponibilidade similares ao período de chuva. Isso impacta definitivamente a produtividade e a rentabilidade do sistema de produção, pois nessa nova situação os animais têm desempenhos á pasto ao redor de 600 gramas todos os dias do ano, aumentando cerca de 20 a 30% a produtividade por animal a um custo relativamente baixo”, explica Leite.

Em sua história este Simpósio, se destaca pela qualidade técnica oferecida ao público participante. Os organizadores buscam trazer para Mato Grosso renomados Palestrantes, referências mundiais no assunto. Entre os palestrantes deste ano, estão Alcides Torres fundador da Scot Consultoria, Leandro Zancanaro pesquisador da Fundação MT, Luciano Resende diretor da Nutripura, Rodrigo Patussi coordenador de projetos da Terra Desenvolvimento Agropecuário, os pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq USP), Moacyr Corsi, Luiz Gustavo Nussio e Flávio Portela, além de Galen Erickson professor da Universidade de Nebraska (EUA) e Felipe Coral engenheiro agrônomo pela Esalq USP.

As inscrições para o 9º Simpósio podem ser feitas pelo site: www.nutripura.com.br onde também está a programação completa do evento.

Tags:
Fonte: Nutripura

0 comentário