Pouca oferta e a chuva ganhando ritmo dão forças as cotações no mercado de reposição

Publicado em 21/10/2019 08:46 e atualizado em 21/10/2019 11:25
110 exibições

Apesar da liquidez ainda baixa, as especulações, por outro lado, seguem intensas. 

Diante deste quadro, as cotações no mercado de reposição seguem firmes e em alta na maior parte das praças pesquisadas pela Scot Consultoria. 

Na comparação com a semana anterior, os preços dos animais de reposição tiveram novo aumento de 0,4%, considerando os machos anelorados de todos os estados pesquisados. 

As altas foram puxadas, principalmente, por Goiás e Minas Gerais, onde cada categoria valorizou, em média, 1,1%. 

Em São Paulo os preços também reagiram e a referência dos machos anelorados de reposição subiu 0,8%, na média, na comparação semanal. 

Já em Mato Grosso os preços permaneceram estáveis, sendo a chuva descompassada o principal fator que tem retraído os compradores. 

Em curto e médios prazos, com a arroba do boi gordo seguindo um viés altista, e a capacidade de suporte das pastagens melhorando conforme há regularização do período das águas, é provável que mercado de reposição siga aquecido. 

Tags:
Fonte: Scot Consultoria

0 comentário