Mafrig: Marcos Molina e grupo controlador atingem 40% de participação no capital

Publicado em 01/01/2020 11:45
468 exibições

São Paulo - Conforme antecipou a Coluna do Broadcast (Estadão), o sócio-fundador e maior acionista da Marfrig, Marcos Molina, passou a deter 40% das ações da companhia, tanto diretamente quanto por meio da MMS Participações e de Marcia Aparecida Pascoal Marçal dos Santos.

Isso depois da oferta pública realizada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que se desfez de sua participação na Marfrig.

Também se tornaram acionistas relevantes da companhia os bancos norte-americanos JPMorgan e Morgan Stantley, com fatias de 8,74% e 6,4%, respectivamente.

BNDESPar vende totalidade de ações que detinha na Marfrig

A Marfrig informou nesta sexta-feira que o BNDESPar, braço de participações do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), alienou a totalidade das ações que detinha da companhia durante a oferta pública de distribuição primária e secundária realizada pela empresa neste mês.

Com isso, o Acordo de Acionista celebrado entre a MMS Participações Ltda e o BNDESPar em agosto de 2010 foi extinto.

O BNDESPar detinha 33,74% das ações da Marfrig até a oferta, sendo o segundo maior acionista individual da empresa, atrás apenas da MMS Participações. O encerramento do follow on foi confirmado pela companhia de alimentos na última sexta-feira, 20.

Tags:
Fonte: Agência Estado

0 comentário