Exportação de carne bovina em abril registra o segundo melhor desempenho de 2021

Publicado em 03/05/2021 15:35 e atualizado em 03/05/2021 16:13 321 exibições
Recuo do dólar impactou o volume exportado na última semana de abri/21

LOGO nalogo

As exportações de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada registraram o segundo melhor desempenho de 2021 tanto em volume quanto em faturamento. O mês de Abril/21 encerrou com um faturamento total em US$ 597,9 milhões, enquanto o volume total exportado atingiu 125,4 mil toneladas, sendo o melhor abril da série histórica. 

Na comparação mensal, o volume de carne bovina exportada em Abril/21 registrou queda de 6,28% frente à quantidade embarcada em março de 2021 que registrou o melhor desempenho do ano com 133,8 mil toneladas. Já no comparativo anual, o volume embarcado teve um avanço de 7,92% se comparado a Abril/20 que exportou 116,2 mil toneladas. 

Nesta segunda-feira (03), a Secretaria de Comércio Exterior (Camex) reportou  que a média diária embarcada ficou em 6,2 mil toneladas e teve um aumento de 7,89%, frente a média diária do mês de abril do ano passado, que estava em 5,8 mil toneladas. 

De acordo com o analista da Agrifatto Consultoria, Yago Travagini, na última semana de abril o embarque ficou aproximadamente em 18,8 mil toneladas, sendo que nas primeiras semanas do mês a média semanal exportada estava ao redor de 35 mil toneladas. Esse recuo do volume exportado pode ser reflexo da desvalorização do câmbio. 

“Eu acredito que o fraco desempenho da última semana foi ocasionado pelo dólar, mas no acumulado mensal fomos muito bem. A China continua firme nas compras e esse resultado de abril/21 coloca 2021 e 2020 em pé de igualdade em volume exportado”, informou ao Notícias Agrícolas. 

Os preços médios no acumulado do mês de abril ficaram próximos de US$ 4.765,8 mil por tonelada, na qual teve uma alta de 9,01% frente aos dados divulgados em abril de 2020 que registraram o valor médio de US$ 4.372,00 mil por tonelada. 

O valor negociado para o produto foi US$ 597,981 milhões no acumulado do mês de abril deste ano, tendo em vista que o preço comercializado durante o mês de abril do ano anterior foi de US$ 508,449 milhões. A média diária ficou em US$ 29,899 milhões e registrou uma valorização de 17,61%, frente ao observado no mês de abril do ano passado, que ficou em US$ 25,422 milhões.

Para o próximo mês, a expectativa é de manutenção dos volumes embarcados e faturamento. "Os casos de peste suína africana deve continuar favorecendo as exportações de carne bovina, mas as exportações em Maio devem ficar no patamar de 120 mil a 140 mil toneladas”, concluiu.

Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário