Tereza Cristina envia carta à autoridades chinesas para tratar pessoalmente sobre o embargo à carne bovina

Publicado em 19/10/2021 10:54 e atualizado em 19/10/2021 11:25 2776 exibições
O Mapa informou que a ministra segue aguardando uma resposta das autoridades chinesas

Logotipo Notícias Agrícolas

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) informou ao Notícias Agrícolas que a ministra Tereza Cristina enviou uma carta ao ministro-chefe da GACC (autoridade chinesa responsável pela afândega) e se colocou à disposição para tratar pessoalmente sobre o embargo chinês à carne bovina brasileira. 

A suspensão dos embarques já dura mais de um mês quando foram divulgados dois casos atípicos da doença da ‘vaca louca’ nos estados de Minas Gerais e Mato Grosso. O Ministério confirmou os casos no dia 4 de setembro de 2021 e decidiu paralisar voluntariamente as exportações para a China, cumprindo o protocolo sanitário no acordo comercial entre os dois países.

A ministra segue aguardando uma resposta das autoridades chinesas para que os embarques de carne bovina sejam retomados o quanto antes. Nesta segunda-feira (18), a Secretária Comércio Exterior (Camex) reportou que a  média diária exportada de carne bovina ficou em 4,5 mil toneladas na terceira semana de outubro, isso representa uma queda de 43,83% do total exportado do mesmo período do ano anterior, que ficou em 8,13 mil toneladas. 

De acordo com o Analista de Mercado da Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, os dados das exportações brasileiras já estão refletindo a ausência da China das compras. “Sem as compras chinesas, a expectativa do mercado é que os embarques fechem o mês de outubro próximo das 90 mil toneladas”, informou.

Por:
Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário