Vaca se orienta pelo campo magnético da Terra, diz estudo

Publicado em 26/08/2008 08:37 e atualizado em 09/03/2020 11:10 2076 exibições
Pesquisa analisou, com imagens de satélite e trabalho de campo, 8.510 bovinos em 308 pastagens por todo o mundo.
Para biólogo, descoberta é "surpreendente", mas ela só será confirmada quando se achar a suposta "bússola" fisiológica dos bovinos.
Fazendeiros e pessoas atentas do interior sabem que a maioria do gado, quando pasta, volta-se para a mesma direção. Muitos se perguntam o que determina esse alinhamento.
Agora, um estudo publicado no periódico "Proceedings of the National Academy of Sciences" parece responder, pelo menos em parte, a essa questão. Para pesquisadores alemães e tchecos, o campo magnético da Terra é um dos principais fatores determinantes.
De acordo com os cientistas, que analisaram fotos de satélite de milhares de bovinos ao redor do mundo e também fizeram estudos de campo, parece que o gado sabe como encontrar o norte e o sul.
A maior parte dos animais observados que pastava ou descansava tendia a alinhar os seus corpos em uma direção norte-sul, afirmou o estudo, conduzido por Hynek Burda e Sabine Begall, da Faculdade de Biologia na Universidade de Duisburg-Essen, na Alemanha.
A constatação se mantém verdadeira independentemente do continente em que o rebanho se localize, segundo eles. "O campo magnético da Terra tem de ser considerado como um fator", declararam.
O tema desafia os cientistas a descobrir por que e como estes animais alinham o corpo ao campo magnético, disse Begall.
"Naturalmente, a questão levanta se os seres humanos também apresentam um comportamento espontâneo", afirmou. O estudo levou Tina Hinchley, que cuida com o marido de uma fazenda leiteira no Estado de Wisconsin, EUA, a ter um novo olhar para uma foto aérea tomada de sua fazenda há alguns anos atrás. "As vacas estavam espalhadas por todos os lados do pasto e cerca de dois terços estavam na direção norte-sul", disse Hinchley.
Essa proporção é próxima da verificada pelos investigadores ao olhar para 8.510 bovinos em 308 pastagens. No estudo, entre 60% e 70% dos bovinos ficaram virados para a direção norte-sul, o que Begall chamou de "desvio altamente significativo de distribuição aleatória".

Meteorologia
A equipe de pesquisa observou que, quando há ventania, o gado tende a enfrentar o vento, e também tende a procurar o sol em dias frios. Mas os cientistas disseram que foram capazes de descontar os efeitos meteorológicos no estudo, analisando pistas como a posição do sol baseada em sombras.
"Esta é uma descoberta surpreendente", disse Kenneth J. Lohmann, do Departamento de Biologia da Universidade da Carolina do Norte.
Lohmann, que não fez parte do estudo, advertiu, porém, que a pesquisa "é inteiramente baseada em correlações".
"Para demonstrar conclusivamente que os bovinos têm um senso magnético, algum tipo de manipulação experimental será eventualmente necessária", disse.
 
 
 
 
Fonte: Associated Press
Tags:
Fonte:
Associated Press

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário