Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 17/11/2008 18:50 1129 exibições

Lygia Maria Pimentel
médica veterinária

Scot Consultoria

O mercado está parado.

Em São Paulo praticamente todos os frigoríficos estão fora das compras e os poucos que permanecem oferecem preços R$1,00/@ mais baixos quando comparados à sexta-feira. A exceção é a região de Araçatuba, onde foi possível observar preços de R$88,00/@, a prazo, livre do funrural, alcançando o mesmo patamar da praça de Barretos. As escalas também não apresentaram evolução e refletem a dificuldade nas compras e a escassez de oferta.

No restante do país os preços estão estáveis. As indústrias esperam alguma movimentação para decidir qual será o próximo passo.

Apenas na região de Pelotas – RS o preço caiu e agora o boi gordo está cotado em R$2,57/kg, a prazo, para descontar o imposto. A oferta de gado melhorou devido às pastagens de inverno e fez com que as escalas aumentassem, refletindo no recuo dos preços.

O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (INDEA) está em greve, o que dificulta a movimentação de gado dentro e fora do Estado devido à paralisação da emissão das Guias de Trânsito Animal (GTA). Isso pode impedir que frigoríficos avancem com as escalas.

No mercado atacadista de São Paulo os preços estão estáveis.




Fonte: Scot Consultoria
Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário