Mercado do boi gordo teve alta de 4,39% em março na Capital

Publicado em 01/04/2010 15:04 1038 exibições
 

O mercado de boi gordo teve alta de 4,39% na capital no mês de março. Levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostra que dia 1º de março a arroba era negociada a R$ 71, preço que passou para R$ 74,12 em média, no último dia do mês.

O aumento segue a tendência de alta do mercado paulista, onde a arroba do boi gordo, no mesmo período, subiu 5,39%, e é negociada a R$ 80,58. A arroba da vaca também sofreu forte valorização, 5,30%, preço à vista livre do Funrural.

Segundo o Cepea, vários fatores empurram o mercado do boi gordo nos dois Estados. Entre eles, a dificuldade dos frigoríficos em completar as escalas, comprando animais de estados vizinhos.

Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comercio Exterior mostra que nas três primeiras semanas de março, as exportações de produtos básicos cresceram 38,9% , em comparação com o mesmo período do ano passado. A carne bovina é destaque na contribuição pra a elevação da arroba do boi.

Outro fator que merece destaque no preço da arroba é o boi preso no campo. À espera de preços melhores, os pecuaristas só vedem o necessário. O clima chuvoso ajuda nessa prática, pois, com o capim crescendo bem, os animais não perdem peso e o ganho com uma possível, e provável, apreciação da arroba pode compensar a manutenção da boiada no pasto.

O consultor de mercado Julio Cesar Victoriano acredita que esse comportamento só deve ser alterado no fim de maio e início de junho, “quando o pasto começar a amarelar”. Ele prevê um volume de oferta maior que o atual logo na entrada do inverno.

Tags:
Fonte:
CapitalNews

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário