Governo apresenta potencialidades de Mato Grosso para produtores argentinos

Publicado em 23/09/2010 08:46
322 exibições
O secretário de Estado de Desenvolvimento Rural Jilson Francisco da Silva se reuniu com um grupo de 35 produtores rurais da Cooperativa Agropecuária de Tandil, da Argentina, nesta terça-feira (21.09), na sede Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), em Cuiabá, para apresentar as potencialidades no setor produtivo agrícola e pecuário do Estado, as ações de preservação do meio ambiente, o trabalho de defesa sanitária vegetal e animal, o processo de agroindustrialização, os programas desenvolvidos pela Seder e a capacidade que Mato Grosso tem para absorver novas empresas.

Segundo Jilson Francisco essa visita ao Estado proporciona o estreitamento das relações bilaterais, apresentando novos mercados com informações da política de governo, com ações efetivas com desenvolvimento rural sustentável e proteção ao meio ambiente na produção regional. É uma excelente oportunidade para o Estado de Mato Grosso estabelecer novas relações comerciais com estes produtores e a possibilidade de atrair investimentos inclusive internacionais, em áreas de interesse estratégico do Estado, salientou o secretário.

O superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Otávio Celidônio, e a analista de grãos Maria Amélia Tirloni apresentaram os números da produção agropecuária do Brasil e do Estado. Além de dados sobre a produção, os produtores argentinos tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido pela Famato em prol do produtor rural do Estado. Foi apresentado ao grupo de produtores argentinos o papel da Federação, entidade com referência internacional. Eles conheceram estudos que mostram os dados percentuais e reais da produção mato-grossense. Como, por exemplo, o percentual da área da agricultura e pastagem no Estado que corresponde a 36,3%.

Eduardo Macaya da Associação de Cooperativas Argentinas se mostrou satisfeito com a oportunidade de conhecer as potencialidades do Estado. Mato Grosso está em constante crescimento, é tudo muito dinâmico. Essa aproximação é muito importante para nós e por isso vamos visitar algumas empresas em dois municípios mato-grossenses, afirmou.

Emanuel Geres da Coovaeco Turismo informou que a comitiva de produtores argentinos permanece no País até sexta-feira,(24.09), e ainda visitam os municípios de Nova Mutum e Lucas do Rio Verde em Mato Grosso, depois seguem para Mogi das Cruzes (SP) e finalizam em São Paulo (SP). A Cooperativa Agropecuária de Tandil tem 600 sócios e estão filiados a Associação de Cooperativas Argentinas que reúne 189 cooperativas do País. Tandil é uma cidade localizada na província de Buenos Aires, Argentina, distante 350 quilômetros de Buenos Aires.
Tags:
Fonte: Expresso MT + Famato

Nenhum comentário