Estiagem afeta gado na região do Pantanal/MS

Publicado em 24/09/2010 10:04
428 exibições
A estiagem está causando prejuízo para os criadores de gado da região do Pantanal em Mato Grosso do Sul. Em muitas propriedades, o gado está morrendo por falta de alimento.

São mais de 70 dias sem chuva e o Pantanal agoniza com a seca. Nas propriedades rurais da região, este é o cenário: açudes e baías completamente secos, e a vegetação rasteira mais parece palha.

Nesta propriedade que fica a cerca de 15 km de Corumbá, parte do gado precisou ser levada para uma área rendada, porque nem o sistema de rotatividade em piquetes tem dado conta de alimentar as 350 cabeças.

Mas, em algumas regiões, como neste assentamento rural, mais de 100 animais já morreram. É que a única fonte de água para o gado secou, e os produtores não têm mais o que dar de beber e comer ao rebanho.

O jeito é investir em alimentação complementar, como o sal proteinado, explica este veterinário e produtor rural. Mas a alternativa encarece a produção. Esse sal proteinado é para ser utilizado em um período de 60 dias, só que como a estiagem já está prolongada, a gente já está há quase 90 dias, o que encarece também o custo da arroba produzida aqui, diz Carlos Leite Júnior.

E não é só o gasto com o complemento para o gado que causa prejuízos aos produtores rurais neste período de estiagem. As queimadas são as que trazem mais preocupação. Nesta propriedade, o fogo devastou mais de 70 hectares. Em algumas áreas, até as instalações foram queimadas.
 
Além do curral, das cercas, duas casas de peões também foram destruídas. Agora, é esperar a chuva limpar a área e plantar pasto novamente.
Tags:
Fonte: Globo Rural

Nenhum comentário