Mato Grosso deve continuar com oferta reduzida de bovinos

Publicado em 07/10/2010 08:26
350 exibições
Até janeiro de 2011, Mato Grosso não deverá atender a demanda necessária de bovinos para o abate.

O motivo é a estiagem de cinco meses em praticamente todas as regiões do Estado, que comprometeu a qualidade dos pastos e prejudicou a engorda dos bois.

O Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) informa que falta de bois já reflete nos frigoríficos.

O setor trabalha no momento com apenas 38% da capacidade de abate em Mato Grosso, contra 43 % em 2009.

Em Acorizal, o pecuarista Luiz Carlos Meister vai investir na suplementação alimentar para a engorda de duas mil cabeças, com aumento de 20% nos custos de produção.

A conseqüência, segundo a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), já aparece no mercado com a valorização da arroba.
Tags:
Fonte: Fatos em Dia

Nenhum comentário