FAO prepara anúncio, em 2011, sobre a erradicação da peste bovina

Publicado em 15/10/2010 08:25
354 exibições
O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), Jacques Diouf, disse nesta quinta-feira (14-10) que o esforço mundial no combate à peste bovina poderá ser capaz de erradicar oficialmente a doença. Diouf comparou esses esforços ao movimento ocorrido, nos anos de 1980, para acabar com a varíola. As discussões sobre o assunto ocorrem em Roma no Simpósio Global de Erradicação da Peste Bovina.

A expectativa, segundo Diouf, é que a Assembleia Mundial dos Representantes da Organização Mundial de Saúde Animal reconheça oficialmente, em maio de 2011, a erradicação da peste bovina.

Diouf lembrou que a peste bovina não afeta os seres humanos de forma direta, mas tem uma rápida capacidade de matar o gado e outros animais com casco. Segundo ele, há consequências também para a agricultura e a economia.

O controle e a erradicação da peste bovina sempre foi uma prioridade para FAO, desde seus primeiros dias, cuja missão [principal] é derrotar a fome e fortalecer a segurança alimentar global", afirmou o diretor-geral. As informações são da FAO.

Diouf lembrou que a peste bovina ao longo dos últimos séculos foi responsável pela morte de animais na Europa, Ásia e África. Segundo ele, houve fome generalizada e a doença dizimou milhões de animais selvagens e domésticos. Em 1880, a peste bovina causou perdas de até 1 milhão de cabeças de gado na Rússia e na Europa Central", afirmou.

Em 1994, foi lançado o Programa Global de Erradicação da Peste Bovina com o objetivo de promover ações que colaborassem com a comunidade internacional para controlar a peste bovina de forma sistemática e abrangente. "O extraordinário sucesso do programa não teria sido possível sem os esforços e a determinação dos governos de todos os países afetados, disse Diouf.
Tags:
Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário